ALIMENTOS CONVITTA

contato@alimentosconvitta.com.br

+55 (19) 9.9629.4166

REDES SOCIAIS

Please reload

Posts Recentes

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Em Destaque

 

 

SAL MARINHO INTEGRAL

 

 

 

 

Obtido a partir da evaporação da água do mar, o sal marinho não contém aditivos químicos e não passa por processo de refinamento. Assim, mantém todos os microminerais e nutrientes que costumam ser removidos durante o processo de secagem e refino utilizado para produzir o tradicional sal de mesa.

 

 

 

E é exatamente por não sofrer nenhum tratamento térmico ou químico que o sal marinho mantém sua coloração natural, que pode ser cinza, preto, rosa ou até mesmo branca.

 

O sal marinho integral contém cerca de 84 elementos, entre os quais: iodo de fácil assimilação e nas quantidades necessárias para o organismo, magnésio, cálcio, enxofre, sódio (o teor de sódio deste sal, é menor do que no sal refinado), carbono, zinco, cobalto, fluor, fósforo, ferro, lítio, manganês, mercúrio, molibdénio, potássio, selénio, prata, ouro, urânio, etc..

O organismo ao desidratar-se perde grandes quantidades de água e sais minerais criando um estado de cansaço e esgotamento físico, psíquico, emocional e mental. O mau funcionamento interno do organismo é provocado pelos minerais que se perdem, por isso, devemos repô-los rapidamente. Com o sal refinado, nada chegará às células, excepto, o cloreto de sódio. O sal marinho repõe rapidamente os minerais perdidos.

 

 

 

 

 

 

 

SAL REFINADO

 

Os nutrientes são retirados para posteriormente serem comercializados por valores elevados, conseguindo-se maiores lucros.

Depois de empobrecido, são adicionados aditivos químicos altamente prejudiciais para a saúde, como por exemplo, o alto teor de sódio, sobre a forma de cloreto de sódio, que favorece a Hipertensão, retensão de líquidos. Esses aditivos químicos oxidam rapidamente quando expostos à luz. Por isso, acrescentam um estabilizante que combinado com o iodeto de potássio produz, no sal, uma cor roxa. Para mascarar a cor, adicionam carbonato de sódio para branquear. Este químico existe em quantidades descontroladas porque é impossível uma distribuição uniforme. Para que, o sal, se mantenha solto (evitar que fique tipo pedra ou muito úmido/a liquidificar), adicionam óxido de cálcio (cal de parede), que favorece, também, o aparecimento de pedras nos rins e vesícula biliar.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square